segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Andrinho é reeleito presidente do Barra Mansa; oposição deve recorrer alegando irregularidades na eleição

Na manhã desta segunda-feira (11 de dezembro), o atual presidente do Barra Mansa Futebol Clube - Anderson Florentino (Andrinho) foi reeleito para a presidência do clube no biênio 2018/2019, após conseguir na justiça o direito de concorrer ao pleito.

Na semana passada, as chapas de Andrinho e de Thiago Campbell (da oposição) foram impugnadas pelo presidente do conselho Sílvio Antônio Francisco por considerar que ambos não possuem títulos de sócio do clube.

Andrinho recorreu à justiça e conseguiu obter o direito de concorrer à eleição. Já a chapa de Thiago Campbell também busca na justiça anular a decisão da eleição de hoje por ter em mãos provas de irregularidades na chapa adversária.

Na atual gestão de Andrinho, o clube acumulou resultados negativos em campo: foram 37 partidas oficiais, com apenas 7 vitórias, 9 empates e impressionantes 21 derrotas (sendo duas por WO), culminando no rebaixamento à Terceira Divisão do Campeonato Carioca (Série B2).

Além disso, Andrinho não teve sucesso em possibilitar que o Estádio Leão do Sul fosse liberado para jogos oficiais, não permitindo com que a torcida barramansense pudesse assistir às partidas do clube na cidade de Barra Mansa nesses dois últimos anos.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

De técnico a possível presidente, Campbell quer Barra Mansa de cara nova

Thiago Campbell dos Santos está acostumado a surpreender. De técnico mais novo da história do Barra Mansa, aos 26 anos, ele galgou passos dentro do clube como treinador das categorias de base, do elenco profissional e até foi gestor de futebol. Agora, aos 28, pode dar um passo ainda mais importante e ambicioso: tornar-se o mais jovem presidente do Leão do Sul. Ele é, até o momento, o único candidato que manifestou interesse em participar do pleito marcado para o próximo dia 11 de dezembro. E quer mudar a cara de um clube marcado pelas dificuldades e fracassos recentes.

Em 2018, pela primeira vez em quase 10 anos, o Barra Mansa voltará à terceira divisão do Campeonato Carioca. Depois de ser campeão da Segundona em 2014, subir para a elite e experimentar uma queda vertiginosa desde então, o Leão se viu em dificuldades maiores do que nunca neste ano, quando foi assolado por problemas financeiros e mal tinha elenco suficiente para simplesmente ir aos jogos da Série B1. Uma realidade que Thiago Campbell, que está no clube há seis anos, pretende mudar como presidente:

– Quem quer estar dentro do Barra Mansa hoje, precisa ser conhecedor do que está fazendo. A gente conhece o clube e sabe da capacidade que ele tem. O Barra Mansa tem uma vantagem que poucos pequenos têm: a torcida. Não estamos "caindo de gaiato". Não fiz parte do planejamento da temporada e retornei num momento delicado. Mas, para entender tudo, a gente procurou doar nosso melhor. Deu para agregar até onde foi possível, mas o clube pagou caro por um erro de planejamento. Agora é leite derramado, chegou a hora do processo eleitoral e a gente espera, com um grupo de trabalho forte, ter uma temporada mais segura e mais bem sucedida.

Thiago chegou ao Barra Mansa em 2011. Na altura, treinou os times de base e adulto de futsal. Depois, chegou ao campo como técnico e passou pelas equipes sub-15, sub-17 e sub-20. No ano do título da Segundona, ele estava na comissão técnica como um dos auxiliares do técnico Wilson Leite e recebeu a primeira chance como técnico na Copa Rio de 2015. Após uma passagem pelo Resende, o jovem treinador voltou ao Leão já como "bombeiro", nas últimas rodadas do campeonato de 2017, sem conseguir evitar o rebaixamento.

Depois de quase quatro anos de mandato de Anderson Florentino, o Andrinho, Campbell pretende mudar a mentalidade que reina dentro do Barra Mansa. Em uma entrevista exclusiva ao FutRio.net, ele diz que a busca por patrocínios não deve ficar dependente de apoio da prefeitura da cidade e mira alto ao falar sobre o que pretende. Entre outras coisas, a liberação do Estádio Leão do Sul, fechado há três anos, a busca por parcerias através de empresas privadas, o fomento às categorias de base e até o lançamento de uma loja oficial do clube. Confira:

Em 2018, o Barra Mansa voltará à Terceirona após oito anos. O quanto essa queda atrapalha os planos de reerguimento do clube e como reagir diante disso?
– O Barra Mansa vai ter que se planejar durante um ano para voltar a um lugar que já estava, que é a Segundona. Por outro lado, a gente vem se desgastando nas últimas temporadas com seguidas lutas contra o rebaixamento. Numa terceira divisão, com o clube se reorganizando, trazendo a torcida para seu lado e conseguindo um acesso, isso vai mexer com o brio do torcedor. Aposto ver o clube numa crescente para, em 2019, chegar com força de novo. Ainda mais se as metas traçadas forem atingidas. É preciso se modernizar em uma série de aspectos.

De que maneira será trabalhada a captação de recursos e patrocínios?
– Em 2015, a gente começou a desenvolver o sócio-torcedor e sabe que pode ter uma receita significativa, pelo tamanho da paixão do torcedor. Mas esse mesmo torcedor quer mudança e quer apostar em uma coisa que ele sabe que vai trazer retorno. A gente não espera receber subvenção do poder público porque sabe que ele passa por um momento delicado, mas a prefeitura pode ser uma grande parceira do clube. Tem muitas coisas que, com o poder da máquina, o Barra Mansa pode ser beneficiado. Entendo que, no futebol, tem que ter conhecimento e relacionamento para que as coisas aconteçam.

Que caminho será buscado da parte da diretoria para obter patrocínios, uma vez que o poder público vive dificuldades e não tem ajudado financeiramente o clube?
– O que a gente quer agora é trazer a NovaDutra (concessionária do trecho da BR-116 que passa pela cidade) como parceira. Ela faz a fresa de asfalto e doa isso aos municípios. Como estádio municipal, o Leão do Sul pode receber isso. É preciso apenas que haja uma relação entre clube, prefeitura e empresa. Nós temos contato direto com o Virgílio (Leocádio, gestor de atendimento da empresa), que é o responsável. Para se ter ideia, Barra Mansa é um dos municípios com mais expansão territorial por onde passa o trecho. É também um dos que mais arrecada imposto, junto com Piraí e São José dos Campos (SP). A cidade tem a Saint-Gobain, antiga Metalúrgica Barbará, onde trabalhamos com a base em 2015 e queremos voltar a fazer isso, usar aquela estrutura e ter a empresa como parceira. Agora, tem que ter relacionamento para fazer acontecer.

É possível recuperar uma situação financeira tão crítica logo depois de um rebaixamento?
– É lógico que a gente lamenta deixar a Série B1 porque o campeonato passou a ser mais forte neste ano em termos de mídia e comercialização, está se tornando uma competição mais forte. Mas o clube vai ter esse ano para se reorganizar para mostrar uma força que não vem mostrando desde 2014, quando subiu para a primeira divisão. O Barra Mansa precisa não só liberar o seu estádio, mas investir no local. O Leão do Sul não é do Barra Mansa, mas do município. O que o clube tem é um termo de concessão de uso. Isso possibilita o investimento de recursos federais naquele lugar.

A propósito, quais são as maiores dificuldades para se liberar o Leão do Sul?
– Em 2015, fiquei responsável pela gestão do clube durante um período. Naquela ocasião, sem ter os conhecimentos que passei a ter depois, ainda consegui três laudos técnicos para liberar o estádio; só ficou faltando o da Polícia Militar, que vetou. Ao redor do estádio, ali na entrada, ainda é possível ver que tem alguns cascalhos. A gente tinha como meta liberar o Leão do Sul, nessas duas gestões do Andrinho, mas não foi possível por questões de relacionamento.

Caso você seja eleito, há alguma prioridade, alguma tomada de decisão logo de cara?
– O que nós vamos fazer de imediato é abrir a loja oficial do clube, no centro da cidade. Estamos fechando com uma fornecedora a nível internacional, uma marca que talvez seja do tamanho da grandeza do clube. E o Barra Mansa poderá arrecadar receita não só através da venda de camisas, mas também de outros materiais esportivos. Depois do processo eleitoral, a gente já vai fechar essa situação para fazer o clube viver outros ares. Isso vai fazer com que, dentro da cidade, as pessoas sintam um clima de mudança em todos os sentidos. A gente está confiante e seguro porque é conhecedor do que precisa ser feito.

Sendo jovem e com uma mentalidade diferente, como você define que seria sua maneira de trabalhar e o quanto confia que pode tirar o Barra Mansa desta situação?
– Não sou uma pessoa que vai tirar dinheiro do bolso porque não tenho capacidade para isso. Mas tenho um bom relacionamento e conhecimento dentro do clube. Com essas ações, a gente vai resolver os problemas e sanar as dívidas, sempre através de parcerias. Sempre digo que futebol é contato, conhecimento e relacionamento. Não adianta esperar que o município nos ajude, é preciso que a gente seja parceiro do governo para buscar as soluções através de outros caminhos. Tenho certeza de que o prefeito (Rodrigo Costa) vai abraçar a causa, ele mesmo já manifestou interesse em nos ajudar, caso mude a diretoria.

Fonte: FutRio

sábado, 11 de novembro de 2017

Thiago Campbell oficializa sua candidatura à presidência do Barra Mansa FC

Na noite deste sábado (11 de novembro), o treinador de futebol Thiago Campbell confirmou sua decisão de se lançar candidato a presidente do Barra Mansa Futebol Clube no pleito marcado para 11 de dezembro deste ano. Junto com ele na chapa, o diretor Walter Lopes de Souza (Waltinho) estará como vice.

Thiago Campbell falou sobre sua decisão de se candidatar à presidência do Leão do Sul:

"O tempo é de mudança. Estou finalizando meu plano de trabalho e nos próximos dias estarei divulgando aos torcedores. Sou conhecedor da responsabilidade que terei à frente e me sinto seguro e preparado para mais esse novo desafio na minha carreira. O trabalho e a recompensa não será só minha e sim de todo o grupo, pois é inteligente trabalhar em equipe. Hoje tenho um respeito muito grande por parte dos torcedores do clube, principalmente da terceira idade que são a grande maioria dos sócios do clube".

Thiago Campbell é jovem, mas já possui muita história no Barra Mansa. Na sua primeira passagem, ele chegou em 2011 comandando o futsal do clube e todas as categorias de base no futebol de campo. Em 2013, ele assumiu os juniores do Barra Mansa. Em 2014, fez parte da equipe que conquistou o acesso à Série A do Campeonato Carioca. Em 2015, encarou o elenco profissional na Copa Rio. No ano passado, ele esteve como diretor da base do clube e, também, como treinador dos juniores. Por fim, após um período treinando o sub 20 do Resende, retornou ao Barra Mansa como técnico dos juniores e depois da equipe principal.

#oleãoestávivo

Por Diogo de Oliveira Paula

sábado, 4 de novembro de 2017

Gabriel foi um dos destaques na zaga do Barra Mansa no Campeonato Metropolitano

Na última quinta-feira (2 de novembro), o elenco sub 13 do Barra Mansa Futebol Clube conquistou o acesso para a Série Ouro do Campeonato Metropolitano em 2018 ao empatar em 1 a 1 com o Barra da Tijuca pela terceira rodada do quadrangular final da Série Prata.

Um dos destaques da equipe sub 13 foi o zagueiro Gabriel Peixoto - titular absoluto durante todo o Campeonato Metropolitano deste ano. O jovem atleta da cidade de Itatiaia atuou em 17 partidas na competição.

Conforme as palavras do técnico Carlinhos, Gabriel é um defensor de muito potencial:

"Gabriel é um zagueiro muito firme e seguro. É um atleta de muita velocidade e forte nas bolas aéreas. Tem uma saída de bola muito forte. Passa muita segurança para os companheiros. Ele contribuiu muito para o acesso do Barra Mansa para a Série Ouro.".

O sub 13 do Barra Mansa deve continuar os treinos para competições regionais e amistosos e, claro, visando os muitos desafios para a temporada do próximo ano, quando terá pela frente adversários como Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo na Série Ouro do Campeonato Metropolitano.

#oleãoestávivo

Por Diogo de Oliveira Paula

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Meia Mateus foi um dos destaques do Barra Mansa na reta final do Metropolitano

Na última quinta-feira (2 de novembro), a equipe sub 13 do Barra Mansa Futebol Clube encerrou sua participação no Campeonato Metropolitano (Série Prata) com um empate em 1 a 1 diante do Barra da Tijuca, resultado que garantiu o acesso do clube barramansense para a elite da competição em 2018.

Um dos destaques do elenco sub 13 foi o meia Mateus Lustosa que chegou no Leão do Sul no final do primeiro turno do Metropolitano deste ano. O jovem atleta é carioca mas vive há 7 anos na cidade de Cachoeira Paulista e tem no currículo experiência de ter atuado no Campeonato Paulista pela equipe do São José.

Pelas palavras do treinador Carlinhos, Matheus tem um grande potencial jogando como meia centralizado:

"Matheus é um meia diferenciado. Canhoto que chega forte na frente. Tem visão de jogo espetacular. Ele é capaz de deixar um companheiro na cara do gol com muita facilidade. Chega muito forte no ataque. Matheus ajudou muito nosso time nesse acesso".

O sub 13 do Barra Mansa deve continuar os treinos para competições regionais e amistosos e, claro, visando os muitos desafios para a temporada do próximo ano, quando terá pela frente adversários como Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo na Série Ouro do Campeonato Metropolitano.

#oleãoestávivo

Por Diogo de Oliveira Paula

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Sub 13 e sub 14 do Barra Mansa conquistam acesso à elite do Campeonato Metropolitano

Na tarde desta quinta-feira (2 de novembro), as equipes sub 13 e sub 14 do Barra Mansa Futebol Clube entraram em campo pela última rodada do quadrangular final do returno do Campeonato Metropolitano (Série Prata). As duas categorias treinadas por Carlinhos enfrentaram os times do Barra da Tijuca em partidas decisivas e que o Leão do Sul levou a melhor ao vencer por 3 a 1 no sub 14 e empatar em 1 a 1 no sub 13.

Atuando na Arena Interfut, na Barra da Tijuca, a equipe sub 14 do Barra Mansa venceu bem o time carioca por 3 a 1, com dois gols do artilheiro Pedro Lucas e um de Thayson. Já o elenco sub 13 do Barra Mansa abriu o placar no segundo tempo com Paulo Vitor, mas permitiu o empate em 1 a 1.

Com os resultados, o Barra Mansa terminou o returno do Campeonato Metropolitano (Série Prata) como vice-campeão e conquistou o acesso à Série Ouro, quando enfrentará no próximo ano as equipes do Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense.

#oleãoestávivo

Por Diogo de Oliveira Paula

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Sub 17 do Barra Mansa conquista importante vitória no Campeonato Carioca

Na tarde deste domingo (22 de outubro), a equipe juvenil do Barra Mansa Futebol Clube entrou em campo diante do Audax Rio pela sétima rodada do returno do Campeonato Carioca (Série BC). O time barramansense venceu por 2 a 0.

Atuando no Estádio Leão do Sul, na Colônia Santo Antônio, o time sub 17 do Barra Mansa superou um dos adversários mais fortes da competição, já que o Audax Rio foi o vice-campeão do primeiro turno. A vitória barramansense se construiu com os gols de Russo e Samuel.

Com o resultado, a equipe sub 17 barramansense avançou para o 3º lugar do Grupo A (com 13 pontos) e manteve chances de classificação. No próximo domingo (29 de outubro), o Barra Mansa viaja para Petrópolis, quando enfrentará o time do Serrano no Estádio Atílio Marotti.

#oleãoestávivo

Por Diogo de Oliveira Paula

domingo, 15 de outubro de 2017

Pelo Carioca, sub 15 e sub 17 do Barra Mansa somam mais três pontos neste domingo

Na tarde deste domingo (15 de outubro), as equipes sub 15 e sub 17 do Barra Mansa Futebol Clube foram para Belford Roxo enfrentar os times do Heliópolis pelo Campeonato Carioca (Série BC). O sub 17 venceu por 3 a 0 e o sub 15 venceu por WO.

Atuando no Estádio José de Alvarenga, no bairro de Heliópolis, o sub 17 venceu fácil seu adversário. No 1º tempo, Santos abriu o marcador com belo gol de falta e Gabriel ampliou ao receber cruzado na entrada da área em jogada de linha de fundo. No 2º tempo, Thiago fez boa jogada na área e sofreu pênalti, que ele mesmo cobrou e culminou em 3 a 0 para o Leão do Sul.

Já a equipe sub 15 não precisou jogar para garantir mais três pontos na classificação. O time mandante não pagou as taxas devidas para a realização do jogo e com isso o árbitro determinou vitória para o Barra Mansa por WO.

Com os resultados, o sub 17 do Barra Mansa chegou ao seu quarto jogo sem perder e está em 5º lugar do Grupo A (com 7 pontos). E o time sub 15 barramansense ganhou duas posições e avançou para a 4ª colocação do Grupo A (com 6 pontos).

#oleãoestávivo

Por Diogo de Oliveira Paula

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Em Minas Gerais, sub 20 do Barra Mansa busca vaga para a final na ABS Cup

Na tarde deste sábado (14 de outubro), a equipe juniores do Barra Mansa Futebol Clube entra em campo pela terceira rodada da ABS Cup que vem sendo realizada na cidade mineira de Belmiro Braga.

Na tarde desta sexa-feira (13 de outubro), o sub 20 do Leão do Sul empatou em 0 a 0 com a equipe anfitriã - Seleção de Belmiro Braga. Na outra partida do grupo, o Gonçalense venceu por 1 a 0 o Roma, de Juiz de Fora.

Com os resultados, a equipe barramansense treinada por Thiago Campbell precisará vencer o jogo deste sábado por dois gols de diferença para se classificar para a final da ABS Cup, sem depender de outro resultado. Mas, caso vença por 1 a 0, torcerá para um empate sem gols entre Roma e Seleção de Belmiro Braga ou uma vitória de um deles.

#oleãoestávivo

Por Diogo de Oliveira Paula

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

No dia das crianças, base do Barra Mansa tem 4 vitórias nos estaduais

A tarde desta quinta-feira (12 de outubro) foi de muitas vitórias entre as categorias de base do Barra Mansa Futebol Clube. Todas as equipes barramansenses que entraram em campo venceram seus jogos. No Leão do Sul, o sub 15 venceu por 1 a 0 e o sub 17 venceu por 2 a 1. E no bairro Vila Nova, os times sub 13 e sub 14 venceram suas partidas por 2 a 0 e 3 a 1 respectivamente.

No Estádio Leão do Sul, na Colônia Santo Antônio, a equipe sub 17 - treinada por Thiago Campbell - venceu o Barcelona por 2 a 1, com gols de Marcelo e João Rezende. E o time sub 15 - treinado por Leonardo Knupp - venceu o Barcelona por 1 a 0, com gol de Pedro.

No Estádio João Chiesse Filho, no bairro Vila Nova, as duas equipes treinadas pelo Carlinhos venceram seus jogos diante do Atlético Carioca. O sub 13 venceu por 2 a 0, com gols de Rafael e Ibson, e o sub 14 venceu por 3 a 1, com gols de João Marcos, Pedro Lucas e Thaysson.

Com os resultados, as equipes sub 15 e sub 17 seguem com chances de classificação no Campeonato Carioca (Série BC). Já os times sub 13 e sub 14 garantiram suas classificações em 1º lugar no quadrangular final do Campeonato Metropolitano (Série Prata).

 #oleãoestávivo

Por Diogo de Oliveira Paula